Persistentemente temporário

Share on linkedin

Desde o início das restrições de movimentação, parecia claro que a combinação, talvez nunca vista em tempos de paz, de inúmeros choques de oferta e demanda com o aumento do grau de intervenção de governos produziria grandes deslocamentos em preços e quantidades de produtos comercializáveis. A verdadeira surpresa é quanto tempo algumas dessas distorções têm levado para se normalizar.

Leia a análise completa do nosso economista-chefe, Luciano Sobral, no link.